FANDOM


(A cena se abre no interior de uma boca)
Dra. Hirano: Agora diga "Aaaah", Isabella.
Isabella: (abre a boca) Ahhhh...
Dra. Hirano: Que ótimo! O inchaço diminuiu bastante. Volto daqui a pouquinho pra te ver. (Ela sai)
Phineas: E aí, Isabella. O que é que você tá fazendo?
Isabella: (Voz rouca) Agora me recuperando, mas finalmente ganhei o distintivo de amigdalectomia.
Phineas: A gente veio te dar apoio, e ver se você já pode participar do nosso evento.
Isabella: Desculpa, gente. Minha garganta ainda tá doando demais.
Phineas: Eu entendo. Desculpe, galera. Vamos ter que adiar a representação de guerra de Troia até segunda ordem. (Atores vestidos como guerreiros troianos saem de cena resmungando).
Phineas: Olha, a melhor parte de remover as amígdalas, é que você pode comer todo o sorvete que quiser.
Isabella: É mesmo?
Phineas: Um monte! Se quiser, você pode até tomar o maior sundae do mundo! (para Ferb) Ferb, já sei o que vamos fazer hoje. Primeiro vamos fazer uns projetos. Peraí... não temos tempo. Vai até o Paraíso dos Projetos. Vou até em casa receber o entregador. (Phineas disca no celular) Alô? Cidade dos Maçaricos? Tá, eu espero. (para Isabella) Quando vão deixar você sair?
Isabella: Hoje à tarde.
Phineas: Perfeito! Então vamos ter tempo suficiente.

(Na casa de Charlene)
Charlene: Vanessa, eu vou sair. Lembre-se, vai ficar com o teu pai no fim de semana.
Vanessa: (sarcasticamente) Legal. Quarenta e oito horas de maldade.
Charlene: Vanessa Doofenshmirtz! Seu pai não é malvado. Apenas não demos certo. Ele queria coisas diferentes.
Vanessa: Uma dessas coisas era ser mau? Porque ele é mau.
Charlene: Ele não é mau, filha. Ninguém é mau.
Vanessa: Não mãe. Ele é mau mãe! Você não sabia disso? Ele tem esquemas malignos. Pessoas normais não têm nenhum tipo de esquema. E ainda um tal de agente secreto que aprece...
Charlene: Eu acho que você está exagerando.
Vanessa: Mãe, eu não tô exagerando. Papai constrói aparelhos maléficos todo dia. Peraí...(o celular emite uns beeps) vou te mostrar uma coisa.
Uma empresa do malvado Doofen...
(o celular emite uns beeps) É, ele até tem seu próprio jilgle da maldade na secretária eletrônica dele. (discagem rápida) Ouça.
Doofenshmirtz: (no telefone) Alô?
Charlene: Oi Heinz!
Vanessa: Pai, por que atendeu? Sempre deixa entrar na secretária eletrônica!
Doofenshmirtz: Eu ouvi tocar pela primeira vez, então fiquei do lado do telefone. Ah, a propósito, pode pegar um projeto pra mim, enquanto vier pra cá? Obrigado, filha.
(encerra a ligação)
Vanessa: Beleza. Até ele quer que eu leve o projeto do mais novo aparelho maléfico dele. E quando ele terminar eu vou ter a prova! Eu te ligo para que possa ver.

(Dentro da loja Paraíso dos Projetos)
Funcionária: (para Ferb) Precisa de um projeto para construir uma máquina de sundae gigante? Hmm, não sei se ainda vendemos esse tipo de projeto. Peraí filho, não precisa ficar triste não. Eu vou procurar melhor. Deixa eu ver... máquina de sundae gigante... eu tenho uma máquina de iogurte, serve? É, também não ligo pra iogurte. Eu vou procurar mais. Tá com sorte, eu encontrei um.
(Vanessa chega na loja)
O que você quer, filha?
Vanessa: Vim buscar uma encomenda do doutor Doofenshmirtz.
Funcionária: Ah tá. Seu pai acabou de ligar.
Vanessa: (para Ferb) Oi, como vai?

(No quintal da casa dos Flynn-Fletcher)
Phineas: Pode vir mais um pouco. Isso, aí tá ótimo.

(Na sala da casa dos Flynn-Fletcher)
Candace: (no celular) Você não vai acreditar, Stacy! Mas quando eu me virei, o Jeremy estava em pé, bem atrás de mim! Na verdade, estava sentado e a algumas quadras de distância. Mas ele estava bem ali!
Phineas: (no quintal) Pode vir, pode vir. Tá bom, para, para. (Um caminhão pára e um entregador sai de dentro dele com algumas caixas) Pronto, descarregue aqui.
Candace: Stacy, eu ligo pra você depois.

(No quintal)
Entregador: Bom, essas são as últimas. Você tem que assinar aqui e... mas você não é um pouco...
Phineas: Jovem pra usar placas de titânio e um maçarico industrial? É, é, eu sou. Todo mundo diz isso.
Candace: Phineas, eu tô no comando aqui.
Phineas: Não é só no caso de um satélite cair?
Candace: Não, não não! Quando a mamãe está na aula de culinária, eu tomo conta. O que é que você tá armando?
Phineas: Eu gostaria de dizer, mas vai ser uma grande surpresa. Oh, peraí, você viu o Perry?

(Perry está tirando um cochilo no gramado)
(Boing)
Perry!
Major Monograma: Desculpe acorda-lo Agente P. Parece que Doofenshmirtz está ficando relaxado. Ele mandou a filha para a nossa operação armadilha e comprou um projeto do Espaço Laser-Inator. Queríamos passar o projeto falso para ele, mas o novato cometeu um erro e esse novato é Carl.
Carl: (voz grossa) Desculpa, foi mal.
Major Monograma: E ele recebeu os verdadeiros, apavorantemente verdadeiros.
Carl: Eu peço desculpa de novo, eu tava caracterizado e...
Major Monograma: Cumpra a sua missão Agente P, antes que seja tarde.

(No quintal dos Flynn-Fletcher)
Phineas: Me ajuda a desencaixotar essas coisas, Candace?
Candace: Não vou ajudar. Mas quando descobrir o que está tramando eu vou ligar pra mamãe.
Phineas: Tá legal, manda um beijo pra ela.
(no celular emite uns beeps)

(Na aula de culinária)
Cozinheiro Instrutor: Bonjour, turma. Hoje nós vamos fazer crepes Guilbaud.
(o celular toca)
Linda: Candace, está tudo bem? Mas se você nem sabe o que ele vai fazer, como é que sabe que é um problema?
Cozinheiro Instrutor: (limpa a garganta) Tem alguma coisa que gostaria de partilhar com a turma toda?
Linda: Desculpe, senhor. (no celular) Candace, nos falamos depois, está bem? (Ela desliga)

(No quintal dos Flynn-Fletcher)
Candace: (resmunga) (para Phineas) Vou ficar de olho em você.
(Candace sai de cena, Ferb entra em cena)
Phineas: E aí, Ferb? Trouxe o projeto? (Ferb mostra o projeto) Excelente! A Isabella vai adorar!

(Dentro da Empresa do Malvado Doofenshmirtz)
Doo be doo be doo ba
Doofenshmirtz: Perry o Ornitorrinco, você chegou cedo. Eu ainda nem comecei. Mas a minha filha vai chegar num minuto com o projeto.
(Vanessa chega)
Ah, ela chegou. Bom dia, Vanessa. Lembra do Perry o Ornitorrinco?
Vanessa: Claro. (Para Perry) Oi.
Doofenshmirtz: Perry o Ornitorrinco, por que não senta na minha sala de espera. Leia umas revistas. Pena que são todas em espanhol. Eu roubei do meu vizinho. Sabe, o mal nunca descansa.
(Perry vai para a sala de espera)
Vanessa: Mas pai, esse projeto é de maldade, né?
Doofenshmirtz: Ah é! É claro que é. É bom ver que está se interessando pelos negócios da família.
Vanessa: (Para si mesma) É só o que eu preciso saber. (Ela disca no celular)

(Na aula de culinária)
(Música francesa)
Charlene: Vanessa, eu estou na aula. Não posso falar. Uhum, uhum. Tá bom Vanessa, não vou desligar o celular. (encerra a ligação) (Para Linda) Ah, adolescentes. O que vamos fazer hoje?
Linda: Acho que é crepe, mas eu não entendo direito o que ele fala.

(Música: Fritos)
Vanessa: Saiba que eu estou de olho,
Eu não sou ingênua não.
E quando eu conseguir provar,
Você vai ver então.

Candace: Minha mãe diz que eu faço drama,
Mas eu ainda vou conseguir.
Que ela veja com seus olhos,
Candace e Vanessa: E finalmente a casa vai cair!

Não pense que vai se livrar,
Você pode apostar
Que eu vou dedurar você
Ainda, é
Te pego, é
E quando eu conseguir, você vai estar frito (Frito!)

Candace: Eu não quero te fazer sofrer,
Mas eu tô avisando que eu sei
Vanessa: De muitos podres e quando eu provar:

Tá frito! (Frito!)
Vanessa: Minha mãe vai ter que acreditar.
Candace e Vanessa: Finalmente admitir
Que eu estava certa e você vai estar
Bem frito!

(Na Empresa do Malvado Doofenshmirtz)
Doofenshmirtz: Perry o Ornitorrinco, finalmente ficou pronto. (aperta um botão)
(Perry fica preso em uma gaiola)
Que pena que você não pode fazer nada, só assistir enquanto eu preparo o lançamento do meu Espaço Laser-Inator!
Vanessa: Uau! Aposto que esse negócio deve ser maligno, né?
Doofenshmirtz: Vanessa, olhe por aquela janela e me diga o que você vê.
Vanessa: Uh, quase nada.
Doofenshmirtz: Exato. Desde que esse outdoor idiota está aí, minha vista panorâmica ficou completamente arruinada. Eu tinha esse ponto de observação perfeito para observar a deliciosa desgraça dos outros.
(Flashbacks)
(Acidente de carro)
Homem 1: Ah não!
(Osso quebra)
Homem 2: Essa não!
Homem 3: Deve $78,000.
Homem 4: Essa não!
(Flashback termina)
Doofenshmirtz: Mas depois, que eu colocar essa gracinha em órbita. Meu problema estará resolvido. E aí, eu vou poder evitar todos os outros aborrecimentos que me deixam furioso. Tipo... a natureza! (Laser destrói) A beleza! (Laser destrói).
Povo: Aw.
Doofenshmirtz: Entrevistadores de programas matinais!
(Laser destrói)
Povo: Hey!
Doofenshmirtz: E logo, não haverá nada resista a fúria do doutor Heinz Doofenshmirtz!
Vanessa: Doutor? E desde quando você é doutor?
Doofenshmirtz: Eles não dão isso a qualquer um, sabia? (mostra um diploma comprado)
Vanessa: Ah quem pagar 15 dólares eles dão.
Doofenshmirtz: Chega de olhar! Eu adoraria discutir isso com você, mas eu tenho que fazer um servicinho importante. Tipo, refazer a Área dos Três Estados, a minha própria imagem destorcida! (risada maligna)
Vanessa: Caramba! Isso é pior do que eu pensei! Ah, mas o papai está frito. (Ela disca no celular)
Vanessa e Candace: Frito

(Na aula de culinária)
Cozinheiro Instrutor: Agora, acrescentamos a manteiga. Devagar, devagar!
(Charlene está despejando a manteiga, quando o seu celular toca. Ela leva um susto e deixa o vidro cair.)
Charlene: (atende o celular) Ah, eu não acredito! Vanessa?
(O celular de Linda toca) Linda: Candace, é melhor que seja muito importante.
Charlene: Ele está fazendo o quê?
Linda: Filha, tem certeza de que não está mesmo exagerando, nem um pouquinho?
Charlene: Não, não é que eu não acredite em você, filha.
Linda: Toda vez que eu corro pra casa, encontro tudo na mais perfeita ordem.
Charlene: Tá, eu já tô indo. (encerra a ligação)
Linda: Tá, eu já estou indo. (encerra a ligação) (Para Charlene) Adolescentes.
Charlene: Nem me fale.
(A manteiga pega fogo no forno)

(Na Empresa do Malvado Doofenshmirtz)
Doofenshmirtz: Agora, para lançar minha criação, e começar meu reinado de terror! Terror terrível. (aperta o botão, barulho de carrinho de sorvete) Huh? (sorvete cai em cima dele) Ugh... droga, tem alguma coisa errada.

(No quintal dos Flynn-Fletcher)
Phineas: (Para Ferb) Prepare-se prum sundae gigante.
(O inator se lança para o espaço)
Phineas: Tem alguma coisa errada. Deixa eu ver esse projeto. (pega o projeto) Ah, um momento, esse projeto é de um Espaço Laser-Inator pelo que parece. Para quê será que serve isso? (Ele aponta para o laser no chão) Aquilo deve ser o laser. Ainda bem que não o acoplamos, né?
Candace: Mãe, mãe! De presa! Vem cá! Vem ver!
Linda: Oi meninos. Como é que vocês estão?
Candace: Hã?
Phineas: Nós vamos fazer um sundae artesanal grandão pra Isabella.
'Linda: Oh, quanta gentileza. Venham pra cozinha, vou ajudar vocês.
(Linda caminha para a cozinha enquanto Candace fica no quintal)

(Na Empresa do Malvado Doofenshmirtz, Charlene sai do elevador)
Vanessa: Anda mãe, depressa!
(Abre a porta do apartamento de Doofenshmirtz)
Vanessa: (com os olhos fechados) Viu? Maldade! Eu avisei!
Charlene: Hmm, ah isso não é maldade.
(Vanessa olha para seu pai coberto de sorvete)
Uma lambança, talvez. (Para Doofenshmirtz) Heinz, o que é isso tudo? Pensei que fosse alérgico a lactose.
Doofenshmirtz: E sou!
Charlene: (aperta o botão e cai mais sorvete) Ah, acho que estou te pagando uma pensão alta demais. (olha Perry preso) O que é aquilo ali? Não trate mal seu animal de estimação.
Vanessa: Mas mãe, ele é um agente secreto!
Charlene: Um agente secreto? Ele é só um ornitorrinco. Ele é mansinho, filha.

(No quarto do Isabella, Isabella é presenteada com um grande e bonito sundae artesanal)
Isabella: Poxa vida, isso é incrível! Eu fiquei com medo que vocês exagerassem e fizessem um aparelho que prepara um sundae gigante.
Phineas: Na verdade, íamos fazer isso. Mas sem querer, construímos um espaço a laser. (Para Ferb) Ferb, você é sempre tão talentoso, como conseguiu confundir os projetos?

(Flashback)
(Ferb e Vanessa estão na loja Paraíso dos Projetos. Ferb olha para Vanessa. Ela aparece sobre um fundo rosa com flores)
Vanessa: Oi, como vai?
(O flashback acaba)

Phineas: Ferb! (estala o dedo) Acorda, homem! O que houve na loja?
Ferb: (pausa) Eu fui fraco.

Créditos FinaisEditar

(Música: Fritos)
Candace e Vanessa: A polícia está aqui,
Preparada pra agir.
Candace: Meus olhos tão de prontidão
Pra tudo descobrir.

Vanessa: Eu só vou pronunciar
Candace e Vanessa: Cinco letras de arrasar!
Vanessa: Que vão me libertar,
Candace: Vão me libertar!
Vanessa: Eu quero soletrar,
Candace: Quero soletrar!
Candace e Vanessa: É com um F-R-I-T-O,
Você tá frito! (Frito!)

[Os logos de 'Walt Disney Television Animation' e 'Disney Channel Original' aparecem]